A trajetória da Gramática (trans)Nacional de Caldas Aulete: livros em viagem

Autores

DOI:

https://doi.org/10.48751/CAM-X5NM-WH90

Palavras-chave:

Século XIX, História transnacional da educação, História da gramática, História do mercado editorial

Resumo

Este artigo tem como foco a produção e posterior circulação transnacional da plural e acentuadamente pedagógica Grammatica Nacional, escrita pelo professor lisboeta Júlio Caldas Aulete. Analisamos, com base em edições da obra, uma crítica contemporânea direcionada a ela e jornais, sobretudo, cariocas, a trajetória que a gramática teve de sua primeira até a undécima edição, passando por edições brasileiras sem número e sem data. Atenção especial é dada à edição brasileira de Nicolau Alves, livreiro português radicado no Rio de Janeiro, que se apropria de seu conteúdo, fazendo uma edição adaptada à cultura brasileira, que foi, durante a década de 1870, adotada pelo Pedro II, escola secundária modelo do Império.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

21-07-2022

Como Citar

Polachini, B. S. (2022). A trajetória da Gramática (trans)Nacional de Caldas Aulete: livros em viagem. Cadernos Do Arquivo Municipal, (18), 1–16. https://doi.org/10.48751/CAM-X5NM-WH90